Sensorweb no Jornal: Diário Catarinense (DC) - Sensorweb

Solução Prática para o Monitoramento de Temperatura

Sensorweb no Jornal: Diário Catarinense (DC)

Sensorweb no Jornal: Diário Catarinense (DC)

Por Raabe Moro em 01/06/2016.

Nesse final de semana aconteceu a primeira edição do evento no Brasil com foco em internet das coisas, o Startup Weekend Florianópolis Internet of Things. E nós, da Sensorweb, contribuímos com o evento através de patrocínio, participação integral da equipe e a presenta do nosso diretor de tecnologia, Victor Rocha Pusch, na mentoria dos mais de 100 empreendedores, desenvolvedores, designers, makers e profissionais de tecnologia.

Startup Weekend Florianópolis Internet of Things

A proposta do evento, como o jornal Diário Catarinense escreveu, é que em até 54 horas as equipes dariam vida a projetos que pudessem facilitar a vida das pessoas a partir da conexão de casas, carros, escritório e até cidades. O evento estava desde abril com ingressos esgotados, o que demonstrou o interesse dos profissionais do setor para o que é considerado o próximo passo da internet.

Sensorweb no Diário Catarinense

Como já era de se esperar, nós estivemos debruçados neste final de semana a fim de participar, empreender e continuar desenvolvendo as ideias de todos na equipe. Além de ofertarmos a mentoria de um dos mais fortes representantes de Santa Catarina quando o assunto é Internet das Coisas (Internet of Things), nosso diretor de tecnologia, Victor Rocha Pusch.

Para evidenciar a força do evento e da Sensorweb na área de Internet das Coisas, o Diário Catarinense entrevistou nosso CEO, Douglas Pesavento, sobre a empresa e divulgou em sua reportagem completa na última sexta-feira (27). Em entrevista a Sensorweb evidenciou seu volume de 1,8 mil sensores monitorando diversos insumos na área da saúde e alimentícia, incluindo a hemorrede estadual HEMOSC, além das pesquisas na Universidade de São Paulo (USP) e materiais no Instituto do Câncer de São Paulo (ICESP). Douglas Pesavento apresentou uma visão crítica entre soluções baseadas em Internet das Coisas (IoT) e sua aplicabilidade para o cliente ou usuário.

startup weekend internet of things

Quando conversamos com nossos clientes, nem falamos muito em internet das coisas para não ficar pejorativo. Tem muita gente construindo, mas será que tem viabilidade? É preciso entender a metodologia das startups enxutas, porque produzir um protótipo de IoT não é a principal dificuldade nesse mercado. Hoje é preciso entregar valor e, por esse motivo, não vendemos sensores e sistemas que se comunicam, mas monitoramento de temperaturas. 

E você, o que acha dessa tendência em internet? Conte pra gente e aproveite para conferir a reportagem na íntegra:

Empresas catarinenses apostam em internet das coisas


OUTROS MATERIAIS:

E-book: 9 dicas para escolher um bom
Sistema de Monitoramento Contínuo

>> “A saúde ficou cara demais!”
>> Razões para o setor da saúde caminhar nas nuvens!
>> Internet of Things e a Sensorweb na Revista Info Exame
>> A tecnologia auxilia pessoas e processos na Saúde?

Deixe o seu comentário!