Monitoramento de temperatura: Online Vs Local - Sensorweb

Solução Prática para o Monitoramento de Temperatura

Monitoramento de temperatura: Online Vs Local

Monitoramento de temperatura: Online Vs Local

Por Raabe Moro em 25/08/2015.

miniatura_ebookVocê sabe como é importante manter a temperatura adequada para determinados alimentos, como laticínios, carnes e frutas, não é mesmo? Isso também ocorre com medicamentos, vacinas, oncológicos, bolsas de sangue e outros produtos sensíveis a variações térmicas! Certos ambientes também devem ser climatizados, como é o caso das estufas. Portanto, nestes e em outros casos é importante monitorar e registrar continuamente a temperatura. Do contrário, pode haver perdas ou danos aos insumos e produtos, como já é de conhecimento de muitos, causando prejuízos para a instituição e também para a saúde das pessoas.

Existem diversos métodos disponíveis para monitorar temperaturas. O mais comum é o uso do termo-higrômetro e ficha de temperatura, que a Sensorweb disponibiliza um modelo gratuito aqui. Mas você já ouviu falar em monitoramento local? E de monitoramento online?

Talvez você já tenha ouvido falar dos dois, mas você conhece as diferenças entre eles? Então vamos hoje falar sobre esse assunto.

 

O que são?

Antes de definir o que são, é válido dizer que em ambos os casos o monitoramento das temperaturas é realizado através de sensores. No monitoramento local, os sensores estão conectados à rede local de computadores e transmitem automaticamente os registros de medição para eles. Assim, o registro histórico das temperaturas fica retido na memória dos computadores, no local. O monitoramento local já reduz ou chega a zerar o uso das planilhas manuais para registrar e controlar a temperatura.

O monitoramento online também faz tudo isso e mais alguns diferenciais, como: todas as informações podem ser acessadas remotamente, a partir de outras localidades ou dispositivos. Como os sensores são conectados com a internet através de conexão sem fio, o usuário pode acessar o portal online e conferir as temperaturas em tempo real, mesmo estando longe do local.

Além de receber as temperaturas de todos os ambientes programados, o monitoramento online envia dados para a nuvem (cloud) através de uma conectividade independente do ambiente ao qual ele monitora, isso permite que o monitoramento continue mesmo quando a instituição estiver “offline”.

 

O Modelo de Negócio

O monitoramento online e o monitoramento local têm modelos comerciais diferentes. Enquanto o primeiro realiza prestação de serviços mensais e contínuo, o segundo vende equipamentos e softwares a serem instalados de uma única vez.

Ao fechar um contrato com uma prestadora de monitoramento online, você adquire uma solução evolutiva e de manutenção constante. Se, por exemplo, um sensor ou uma central depois de muito tempo apresentar defeitos, a equipe técnica troca aquele equipamento sem custo adicional. Além disso, o modelo de serviço para monitoramento online avalia outros detalhes, como troca de bateria do sensor acabando, troca de sensor com calibração renovada anualmente e certificações do INMETRO, melhorias no software, alterações de alertas de acordo com a necessidade do contexto, tudo incluso no valor de prestação mensal.

As empresas que vendem o sistema de monitoramento local, entregam equipamentos calibrados, software atualizado e sistema de garantia, tudo isso no momento da compra. Uma vez comprado e ajustado ao local, é aquilo que permanecerá, os próximos anos ficarão por conta do comprador. Ou seja, será o comprador quem terá de retirar todos os sensores anualmente para serem calibrados, e isso pode durar um certo tempo sem monitoramento contínuo até que voltem devidamente ajustados. Será também responsabilidade do comprador a troca de bateria, a atualização do software não ocorrerá, a não ser que o comprador adquira atualizações futuras. Tudo isso vai tornando o sistema defasado, em especial quando a instituição visa o crescimento para os próximos anos. Afinal, como você irá reajustar as temperaturas de mínima e máxima daquele sensor que você comprou há 5 anos para monitorar um novo equipamento? Ficou difícil? Melhor chamar um técnico especialista!

 

Conhecimento de área (Know-how)

Cliente de Monitoramento SucessoAo falarmos em monitoramento contínuo, seja ele online ou local, é importante que a empresa possua profundo conhecimento sobre diferentes aplicações e sistemas e devem ter experiências para os mais variados ambientes. O monitoramento local conta com uma equipe técnica qualificada, extensa e que auxilia no processo da compra até a instalação, como também na adaptabilidade inicial ao sistema. O conhecimento em automação e TI fica evidente.

No monitoramento online, a equipe técnica e de customer success trabalham em evoluções contínuas junto ao cliente. Além dos conhecimentos ligados à tecnologia e do processo de instalação, as equipes da prestadora se aproximam das áreas de atuação dos setores, sanando necessidades junto a equipe de monitoramento.

O maior diferencial entre o monitoramento local e o monitoramento online é que, apesar de ambas melhorarem seus processos, equipamentos e softwares, apenas uma incluirá essas melhorias automaticamente, fazendo um trabalho a 4 mãos.

 

Tempo de resposta

Como já mencionamos, o monitoramento local fará um suporte de TI dentro do acordo fechado da venda, tendo uma resposta considerada normal para qualquer suporte de equipamentos. Se pararmos para pensar, e fizermos umas continhas básicas, uma prestadora de monitoramento online que envia dados em tempo real e que acessa de qualquer lugar (notebooks, computadores, smartphones, tablets, etc.) possivelmente terá um suporte 24h. Em especial, nos finais de semana, quando a equipe de monitoramento é reduzida ou chega a zero no local, é nesse quesito que o monitoramento local e o monitoramento online se diferenciam.

Em alguns casos, a equipe de suporte do monitoramento online chega a antecipar ou resolver o problema, antes mesmo que o primeiro alarme de agravamento seja disparado no celular dos responsáveis. A equipe de suporte do monitoramento online possui uma maior disponibilidade, reduzindo tempo de espera dos usuários.

Gostaram das soluções e seus diferenciais? Pois saiba que existem outros benefícios de se monitorar e registrar temperaturas. Descubra baixando nossos conteúdos ou entre em contato conosco para descobrir o que podemos fazer pela sua instituição.

*O detalhamento do modelo de serviço e do conceito de prestadora apresentada nesse artigo, condizem com a política de trabalho da Sensorweb. Na qual comprova, por meio de seus cases, um suporte completo e focado na necessidade dos seus clientes.


MATERIAIS RELACIONADOS:

E-book: 9 dicas para escolher um bom Sistema de Monitoramento Contínuo

>> Monitoramento de Temperatura: porque os números não batem?
>> O que é um sistema validável (ANVISA)?
>> Sensorweb: treinando novos clientes
>> O que analisar em softwares para saúde antes de contratar?
>> Como perceber confiabilidade?
>> Porque preciso do certificado de calibração?

Deixe o seu comentário!