Como as temperaturas erradas podem matar o seu negócio - Sensorweb

Solução Prática para o Monitoramento de Temperatura

Como as temperaturas erradas podem matar o seu negócio

Como as temperaturas erradas podem matar o seu negócio

Por Sensorweb em 29/01/2015.

Talvez você não acredite, mas a temperatura do seu ambiente de trabalho pode acabar com o seu negócio. O comum é pensar que uma má administração, uma localização ruim ou até mesmo as oscilações do mercado sejam os principais motivos para o encerramento de uma empresa. Mas cuidado, você pode estar terrivelmente equivocado ao não dar a atenção devida ao controle de temperatura do seu ambiente, isso é claro se você trabalha com materiais sensíveis ao calor ou a mudanças bruscas de temperatura. Descubra, então, o que a falta do monitoramento de temperatura e de alarmes podem causar ao seu empreendimento.

Perda do produto

Um produto não pode ser comercializado se estiver estragado, com um aspecto nada agradável ou mesmo se não existir mais, não é mesmo? É comum em ambientes de saúde ou de alimentos por exemplo, acontecer a perda de produtos pelo simples fato deles não serem fabricados, testados, armazenados, analisados ou distribuídos com a temperatura correta. E vale lembrar que desperdiçar matéria-prima ou então o próprio produto acabado é o mesmo é o mesmo que jogar dinheiro fora.

Há negócios que apostam em softwares de registro de dados 24h, uma medida eficaz, mas que não soluciona todos os problemas. Afinal, não adianta nada registrar um acontecimento ruim depois que um belo estrago já aconteceu. Imagine que um funcionário esqueça uma porta aberta e esse erro tenha como consequência a perda de 70% dos imunobiológicos que estavam armazenados. Apenas um registrador de dados sozinho não é capaz de evitar o problema. Para evitar o risco de perder a sua produção por erros pontuais é que o monitoramento de temperatura com sistema de alertas se faz necessário. Sem o alarme, seja ele um apito, um SMS ou um e-mail, não seria possível evitar danos (mesmo se houver apenas monitoramento constante do ambiente).

Redução da eficiência

Embora problemática, a perda de imunobiológicos, medicamentos e de alimentos refrigerados é um fator pontual e possível de evidenciar, mas o que dizer da redução da eficiência? Talvez tratar desse entrave seja um pouco mais complicado. Isso porquê qualquer quebra na cadeia do frio pode levar um produto termolábil a perder sua eficiência, e sem a rastreabilidade de todo o processo e registro contínuo da temperatura ao longo do tempo, não há como garantir que o produto terá a eficiência desejada na sua utilização.

Por isso toda empresa deve buscar maneiras de tornar os processos mais automatizados, e na questão do registro e monitoramento de temperatura além da automatização do processo é necessário deixar claro os procedimentos de acompanhamento e contingência destas informações junto aos funcionários envolvidos, para que em caso de ocorrências e desvios, as devidas ações sejam tomadas para evitar essa perda.

Auditorias negativas

Se você puxar um pouco na memória, irá se lembrar de algum caso que saiu nas manchetes dos jornais envolvendo empresas com problemas de contaminação, seja por salmonela (no caso específico do setor de alimentos) ou descartes de medicamentos e vacinas por outras complicações que a falta do controle térmico causa. Provavelmente, você passa horas pensando em como evitar que isso aconteça com a sua empresa, certo? Por isso, possuir uma solução que monitore a temperatura e que contenha também alertas é algo tão importante. Sem isso, sua empresa fica vulnerável à problemas que possam gerar negativas dentro das auditorias das entidades governamentais e também para conquista de certificações.

Quer melhorar o monitoramento de temperatura dos seus negócios? Então, entre em contato imediatamente! Aproveite e conheça nosso ebook gratuito com métodos para um controle eficaz de temperaturas, onde você encontra tudo que precisa saber sobre o assunto.

Deixe o seu comentário!